20 de ago de 2009

Desenterrando...

Há uns dias eu estava vagando pela internet e fiquei curioso para saber como era o jogo Kid Icarus. Para quem não sabe, o Pit, que aparece no Super Smash Bros. Brawl é o personagem principal desse jogo. Só existiram dois títulos de Kid Icarus. O primeiro foi lançado para o Nintendo Entertainment System (Nintendo 8 bits, ou, simplesmente, Nintendinho) na década de 80.
A Nintendo tinha programado a volta da franquia aos video games no Nintendo 64. Porém, o console não vendeu o suficiente para que a ideia fosse adiante. Pit reapareceu no Game Boy, com o segundo título da série (não sei muito bem, mas aparentemente foi apenas um relançamento de jogos do NES, adaptados para o Game Boy), e mais tarde no Brawl, de Wii.
Fiquei surpreso ao perceber que esse é um jogo excelente. E também que há anos atrás os jogos eram muito mais difíceis que hoje em dia. Você, que hoje joga os Mario Galaxy da vida, não conseguiria passar nem do primeiro mundo do primeiro jogo da série Super Mario Bros. Isso é certeza.
Kid Icarus poderia fazer um sucesso enorme nos consoles atuais. Aliás, existem muitos rumores sobre um suposto lançamento de Kid Icarus Wii. Nada confirmado oficialmente pela Nintendo, mas ao ser perguntado sobre o jogo, o mestre Shigeru Miyamoto desconversou, sem confirmar, mas também sem negar nada. Será? Eu acho que não existe nenhum jogo do tipo atualmente: talvez se possa voar livremente por cenários celestiais, tampando flechas aos montes em tudo que se vê. Seria bastante legal!! Estou ansioso por uma confirmação do título para Wii.

E caso você queira jogar Kid Icarus, de Nintendinho, clique neste link de onde baixar a ROM com tradução para o Português (não que isso seja muito necessário, já que antigamente os jogos não tinham tantos textos).

Se você quiser um emulador de Nintendinho, nesse mesmo site aí em cima (Emula BR) você encontra. A ROM em inglês também. É só dar uma olhadinha na coluna da esquerda. Ah! Só pra lembrar, aqui no Brasil (não sei nos outros países, mas deve ser a mesma coisa), você só pode ter a ROM de algum jogo se você tiver também o cartucho, ou disco ORIGINAL dele. Não sei quanto a ROMs hackeadas, como essa traduzida. Mas de qualquer jeito, é melhor garantir. Não vá dizer que eu não avisei, ou que eu estou incitando você a burlar a lei. Eu me isento de qualquer responsabilidade. Se você quiser baixar a ROM, vá logo procurar onde comprar um cartucho de NES do Kid Icarus.

Enjoy!

Por que o Wii?

Esse é o primeiro post do meu blog. E nele eu vou colocar meus motivos para escolher um Wii ao invés dos outros consoles da mesma geração. Afinal, o que o Wii tem que o PlayStation 3 e o XBox 360 não têm? Na minha humilde opinião, assim como na opinião de inúmeros nintendistas (e isso já está virando um clichê), o Wii tem jogabilidade.
É inevitável notar que a Nintendo inovou ao criar um controle sem fio sensível ao movimento. Tá, o X360 e o PS3 também têm controle sem fio. E o PS3 também tem sensor de movimento. Mas o console da Sony só reconhece os eixos "x" e "y". O Wii reconhece o eixo "z", também. Ou seja, o PlayStation reconhece quando o controle é movimentado pra cima, pra baixo e pros lados, mas não reconhece profundidade.
Além disso, eu acredito que nenhum nintendista liga pra gráfico tanto quanto os outros. Quem precisa de gráfico, quando se tem Super Mario Bros., Zelda, Metroid e todos os outros ícones da Nintendo? Me fala um jogo de PlayStation que virou um ícone do console. Wining Eleven (jogos de futebol não me agradam... Todos são sempre iguais!!). God of War eu até reconheço: é um jogo incrível. E de XBox? Algum? Eu não faço idéia de um jogo de XBox (só de XBox) que se tornou um símbolo do console. Se você souber, comente, pra eu ter conhecimento disso.
Mas é claro que eu também não desprezo tanto assim o quesito gráfico. Os jogos de corrida do Wii tem uma imagem ridícula. Eu jogaria todos no lixo se não fosse por uma coisa simples: jogabilidade. É incrível como pode haver tantos modos de controle para um jogo como Need for Speed. Não é só virar o controle como se fosse um volante. Pode usá-lo como se fosse um pedal de acelerador (não, não se deve usar o pé...). Vale lembrar, também, que eu não sou muito fã de jogos de corrida (sim, eu sou muito exigente)...
Com o tempo eu vou postar mais motivos para justificar minha preferência pelo Nintendo Wii. Mas aqui vão dois dos mais importantes: Super Smash Bros. Brawl e Super Mario Galaxy 2.
Ir ao Topo