6 de set de 2010

Multiplayer de Star Wars: The Force Unleashed 2


UAU!
Finalmente! Depois de Marvel: Super Hero Squad para Nintendo DS, outro multiplayer decente parecido com Super Smash Bros.! Claro, não adianta fazer um jogo com um multiplayer nesse estilo se os personagens não estiverem à altura.
Agora Star Wars. O primeiro The Force Unleashed de Wii já chegou fazendo fama, já que o sonho de todo fã de Star Wars era poder controlar a Força e o sabre com as próprias mãos. Agora, não só isso atrairá os fãs (e também os que não são fãs).
Smash Bros. já é bastante famoso, desde o primeiro título, pelo seu modo multiplayer, juntando todos os jogadores numa única tela não-dividida, caindo na mão no maior frenesi.
Em SW:TFU2 esse modo multiplayer será exclusivo para o console da Nintendo. A princípio, no máximo quatro jogadores poderão batalhar simultaneamente, escolhendo entre oito personagens.
Confira um vídeo de teste do modo multiplayer aqui.
O jogo será lançado nas Américas no dia 26 de outubro.

Enjoy! ☺

O que esperar do sucessor do Wii

Yoshio Sakamoto, o criador de Metroid falou sobre o próximo console de mesa da Nintendo. E as notícias, como era de se esperar, são boas, apesar de a Nintendo não ter dito nada sobre um novo console (apesar de sabermos que quando um console é lançado, outro começa a ser produzido). Cito:

"Na Nintendo, nós sempre temos a obrigação de surpreender os usuários com um novo console. Nós nunca fizemos o que os outros já fizeram. Preferimos criar algo novo e que chame atenção, e acho que isto continuará desta vez. Com certeza, a nova máquina da Nintendo deixará todos boquiabertos."

É difícil saber o que pode ter de novo e diferente dos outros consoles a essa altura. Já temos o Kinect da Microsoft. E parece que ele já revolucionou tudo que dá pra revolucionar. Ainda existe um estudo sobre controlar coisas com a mente, mas isso não é a cara da Nintendo...
Quando o Revolution (nome provisório do Wii, quando estava em desenvolvimento) foi anunciado pela BigN, eu pensei: "caramba!..... ca... ramba! Não pode ser!"
Ao que tudo indica, essa vai ser a minha reação com o Wii 2.
Imagino que a Nintendo vai abusar dos gráficos dessa vez, para compensar essa deficiência do Wii. Mas a jogabilidade vai continuar sendo o forte. Há rumores de que o novo console terá jogos em Blu-ray. Mas essa tecnologia é da Sony, então é quase impossível a Nintendo adotá-la.
O HD DVD não é da Microsoft, mas é apoiado por ela e começa a ser bastante usado com o XBox 360. Existe uma pequena possibilidade de a BigN usá-lo. Mas ainda faço uma previsão: como a nova onda é criar padrões próprios, a Nintendo vai desenvolver seu próprio dispositivo de armazenamento, com uma capacidade próxima ao Blu-ray. Prontofalei.
Como sempre, o jeito é esperar. Essa vida de jogador é difícil...

Enjoy! ☺

P.S.: sinto falta de um videogame que venha com um projetor.

Nova colaboradora

Olá. Esse é meu primeiro post como colaboradora do blog. Sim, Adriado cedeu-me espaço para divagar por aqui. E não sou nintendista como ele, e temo ser expulsa daqui logo que ele ler isso (hehe). Brincadeiras a parte estou aqui pra falar um pouco sobre as minhas escolhas e, portanto, sobre mim.
Existem muitos motivos que me tentam a escolher o console da Sony ao invés dos outros. Lembro bem do dia em que ganhei meu primeiro vídeo game, um PS1. Pois é, fui iniciada um tanto tardiamente, e não foram muitos jogos os que joguei nessa época: Chrono Cross e Legend of Mana foram provavelmente os melhores. Depois dele veio um PS2, a alegria dos meus dias até hoje. Além de reproduzir filmes em DVD é capaz de rodar os jogos antigos do console anterior, só precisando de um memory card do PS1 para salvar o progresso. Já o PS3, ainda mais multifuncional, Alta definição, leitor blu-ray, ótimos gráficos, muito me agrada até agora. Reconheço, porém, que nada supera (ainda pelo menos) a jogabilidade do Nintendo Wii, independente de quantos sensores de movimento tenham sido criados. Reconheço também que o gráfico não vem em primeiro lugar quando estamos falando de jogos como Super Smash Bros. Brawl por exemplo. Tive a oportunidade de conhecer melhor essa plataforma hoje mesmo. É um tanto viciante e inovador não se ater às tradicionais manetes e poder sacudir-se a vontade para alcançar seus objetivos, sem contar na possibilidade de vários jogadores. Diversão em conjunto.
Ainda sim, devo ressaltar, sou meio individualista, e desde que me conheço por jogadora os single players me atraem. Outro pequeno e importante detalhe a comentar: Final Fantasy. Mas acho que isso é assunto para um próximo post, certo?


P.S., por Adriado:
Como nem só de Nintendo vive o mundo dos videogames, e nem só de videogame vive o mundo (e isso me inclui, por mais incrível que pareça), a Paula vem até aqui para enriquecer o blog do Adriado com sua visão mais sonysta que nintendista; e coisas mais.
Para esclarecer: ela tem muita vontade de comprar um console da geração atual. Meu papel, como bom nintendista, é convencê-la a comprar um Wii (e um 3DS! o/). Mas o Final Fantasy, com seus títulos exclusivos de PlayStation 3, e os singleplayers da Sony parecem ser mais eficazes do que eu, o Mario e os multiplayers da Nintendo... "Mas acho que isso é assunto para um próximo post, certo?"
Com uma companhia não-nintendista, esperem posts mais variados.
É bom tê-la por aqui, Paula. Seja bem-vinda, a casa é toda sua. E não, você não será expulsa! =D


Enjoy! ☺
Ir ao Topo