13 de set de 2010

Feliz aniversário, Super Mario!



É hoje que o tão querido encanador completa 25 anos de existência. E com a festinha de aniversário vem o box Super Mario Collection Special Pack (que chega no Japão no dia 21 de outubro; sem previsão de lançamento para o ocidente), que é um remake (está mais pra um relançamento, apenas) de Super Mario All-Stars para Wii. Custará ¥2500, aproximadamente US$30,00. O jogador pode controlar o Mario com o Wiimote, ou com o Classic Control, ou com o controle de GameCube. Dentro do box tem ainda uma cartilha com a trajetória do bigode desde 1985 até os dias atuais, com artworks que nunca foram divulgadas, um DVD com um documentário sobre o encanador e um CD com as melhores trilhas do Super Mario. Assista a esse vídeo de apresentação da coleção.



O Club Nintendo do Japão não deixou essa data passar em branco, obviamente. Seus sócios podem adquirir camisetas, bolsas e jogos de baralho, através de competições de Super Mario Bros.! Super duper!!
Mas não são só os japoneses que vão ganhar coisas nessa data. Os europeus podem participar das festividades. Como? Eles podem enviar um vídeo para cá explicando o porquê de eles gostarem do Mario. O prêmio é um lote especial de Wii. Além disso, podem conseguir Wii Wheel douradas e Classic Control de Wii no formato do controle de Super Nintendo!! Eu quero!


O T_thiago, colaborador do Portallos, em seu belíssimo post sobre os 25 anos da maior franquia de jogos do mundo, mostra um vídeo com os principais jogos do Mario ao longo desses anos. Ele merece ser citado:

"Interessante notar que o maior tempo onde os gamers ficaram sem um novo Super Mario foi entre 1996 à 2002 (8 anos), entre Mario 64 e Mario Sunshine, o que coincide com a explosão do Playstation na época e com o fracasso do Nintendo 64 como um console que ainda utilizava cartucho ao invés da tecnologia em CD do primeiro Playstation. Se bem que de Mario World para Mario 64, também ficou um buraco de 6 anos sem um game novo (nos EUA). Em compensação, repare nos últimos anos desta geração a quantidade de novos Super Marios que foram lançados. Eu gosto dessa franquia, por mim, a Nintendo poderia lançar um por ano tranquilamente, revezando entre DS (3DS em breve) e Wii. Assim como até hoje torço para um Super Mario Sunshine 2, pois foi um dos jogos mais originais e desafiadores com o personagem na geração GameCube, não era perfeito, mas era criativo e expandiu muito o conceito de mundo 3D que Mario 64 criou. A jogabilidade com o FLUDD (Flash Liquidizer Ultra Dousing Device) era bem complexa para a época."

Concordo com tudo dito por ele. De fato, Super Mario Sunshine merece uma continuação, apesar de ele já ser a continuação direta de Super Mario 64. Todos sabem que o GameCube não foi um console que deu orgulho à Nintendo. Afinal, gostando ou não, não dá pra competir com o PlayStation 2. O Cubo tem muitos jogos que eu gostaria de ver relançados, principalmente se fossem para o 3DS, como é o caso de Luigi's Mansion. Mas eu comento sobre isso noutro dia.
Vale citar Luke Plunkett, do Kotaku, traduzido para o Gizmodo Brasil:

"Parece quase sem sentido marcar esta ocasião com toda a história do Mario, ou com alguns parágrafos notando a importância dele para os videogames - e para os gamers - porque é o Mario. Ele não é só importante para o mundo dos videogames. Ele é o mundo dos videogames."

Super Mario é a franquia mais vendida do mundo. Desde... sempre. Apesar de ele ter aparecido em Donkey Kong, jogo de arcade de 1981, e em Mario Bros., também de arcade, em 1983, só quando ele ficou conhecido por ser Super, em Super Mario Bros., de Nintendinho, é que ele passou a ser o verdadeiro Mario. Jumpman ficou para trás, mas a fama de pulador do antigo carpinteiro, hoje encanador de sucesso, continua. Haja vista Super Mario RPG, no qual o bigode é conhecido pelo pulo mais alto do Reino dos Cogumelos.
A fama do Mario me faz lembrar que, ao menos na década de 90, Super Mario era mais conhecido que Jesus Cristo, nos Estados Unidos. É sério. Um jogo que não tinha nem 15 anos era mais conhecido que o ponto central de uma religião de quase 2000 anos. Isso é chocante.
Mas é Mario.
Vale lembrar que o maior e mais eficiente salvador de princesas encanador estrelou mais de 200 jogos em sua vida. 200 jogos, em 25 anos. Uau! E a grande maioria dos títulos saiu da mente brilhante de Shigeru Miyamoto. O mestre, melhor designer do mundo (em minha opinião, claro).
No 3D Juegos, Alvaro Garcia nota que em toda a existência do encanador, seus títulos já venderam mais de 200 milhões de unidades, garantindo a ele mais reconhecimento entre as crianças norteamericanas que o Mickey Mouse. Inacreditável.
Em comemoração a essa data superespecial, o Guardian.co.uk publicou 25 curiosidades sobre o bigodudo. Uma compilação deveras interessante, com coisas que eu nunca imaginaria... Tipo que o Bowser deveria ser um búfalo, mas devido aos rascunhos mal desenhados de Miyamoto, o animador Yoichi Kotabe o fez como uma tartaruga. E apesar de hoje ele ser reconhecido como um dragão (ele solta fogo, como não é um dragão? Oo), ele é uma tartaruga.

Bom, é isso. Parabéns, Super Mario!! Que no seu jubileu de ouro a festa seja ainda maior!! E com presentes para o mundo todo, não só para o Japão e a Europa. E não se esqueça do Brasil, também gostamos de você, colega!!

Enjoy! ☺
Ir ao Topo