23 de abr de 2011

A Link to the Past 3D? Quem sabe...?


Numa entrevista para a Edge, Shigeru Miyamoto disse que gostaria de fazer alguns remakes de antigos jogos no 3DS. E The Legend of Zelda: A Link to the Past é um dos jogos que ele gostaria de fazer. Apesar de esse ser um dos jogos que eu mais gostaria de ver um remake em toda a minha vida, eu gostaria de vê-lo não só em 3D, mas modelado em 3D. Digo, até uns anos atrás, 3D para mim era apenas o que eu via nas animações, tipo Toy Story, e no videogame... É até engraçado ler na caixa do Nintendo 64: "Realismo em 3 dimensões" (só aqui no Brasil, porque na caixa em inglês está escrito "The fun machine"). Na época eu nem sonhava com o 3D que conhecemos atualmente... Então fica meio difícil determinar de qual se está falando: o 3D ou a modelagem 3D.


Mas de qualquer forma, eu gostaria MUITO de jogar A Link to the Past nos moldes de Ocarina of Time. Mas acho que isso nunca vai acontecer... Parece que o máximo que vai acontecer vai ser podermos jogar A Link to the Past em 3D (sem modelagem 3D).
De acordo com Miyamoto: "estamos há muito tempo desenvolvendo o 3DS [...], portanto, a partir de agora, vamos dar mais atenção aos jogos, e vamos lançar muitos neste ano."
Também perguntou: "você se lembra de Xevious? Ele tem duas camadas e eu realmente gostaria de criá-lo. Então ver A Link to the Past em duas camadas seria bastante atrativo para mim."
Eu digo que ficaria bastante feliz em poder jogar A Link to the Past no 3DS. É um dos meus jogos favoritos de todos os tempos. Só penso que seria ainda mais legal se ele fosse modelado em 3D, como Ocarina of Time.


Enjoy! ☺

Ocarina of Time antes e depois


Antes de mais nada, só pra constar, The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D vai ter mais um extra além da Master Quest: vai ser o Boss Challenge. Depois de passar de um certo ponto no jogo, você vai poder enfrentar novamente os chefes que você já matou. Vamos ver como é que fica isso aí, né? Espero que seja bacana. E espero que dê alguma coisa passar pelo Boss Challenge. Porque matar os chefes de novo pra não ganhar nada vai ser meio inútil... Mas conhecendo a Nintendo vai ter alguma coisa, sim. Nem que seja um mundo de troféus e stickers, tipo Smash Bros....
Aliás, acho que no Zelda Spirit Tracks já tinha uma coisa parecida... Não me lembro agora como se chamava nem onde ficava (já tem uns bons meses que eu zerei Spirit Tracks, ora!) mas era um desafio em que o Link avançava por salas cheias de inimigos e no fim dessas salas tinha um chefão pra você matar. Será que vai ser parecido? Ou será que vai ser só os chefes, sem inimigos prévios? Lendo o post do IGN eu notei que é citado esse modo do Spirit Tracks e também um modo parecido no Wind Waker e no Majora's Mask. Infelizmente eu nunca cheguei a zerar Majora's Mask nem Wind Waker, por falta de tempo e dos jogos originais. Afinal, usar ROMs sem ter o original é ilegal, pessoal... Mas eu acredito que a Nintendo deva lançar algum vídeo perto do lançamento do Ocarina 3D (17/06 na Europa e 19/06 nos Estados Unidos) mostrando essas coisas melhor.
Além do Boss Challenge, vai ter também um guia para jogadores menos experientes, que dará dicas de como resolver certos quebra-cabeças em vídeos. Eu particularmente não acho isso muito interessante, não. A não ser que haja alguns quebra-cabeças novos impossíveis de resolver. Como bom jogador de Zelda, eu penso que resolver os enigmas por conta própria ajuda o jogador a se enriquecer e ter capacidade de resolver os próximos enigmas. Acho importante ter que se esforçar pra avançar pelo jogo.

Agora, ao que interessa.
O site IGN fez uma análise dos controles do novo Ocarina e como eles serão adaptados ao 3DS. Tem muita gente que criticava, mas eu gosto muito do controle tridente do Nintendo 64. O único problema dele era quando você se deparava com jogos em que tinha que usar os botões "A", "B" e "C", o analógico e a cruz, tudo ao mesmo tempo. Precisava de três mãos pra isso... Mas enfim.
Alguns controles permaneceram iguais aos do N64. A alavanca analógica (no caso do 3DS, o Circle Pad) obviamente continua servindo pra controlar o Link. O "A" ainda é o botão de interação, o "B", dos golpes de espada e o "R", do escudo.
Mas claro que alguns botões tiveram que mudar: não existe "Z" no 3DS. Portanto sua função ficou a cargo do "L", já que para pressioná-lo usa-se o mesmo dedo que se usava no "Z". Tem também a mira em primeira pessoa, tipo quando se usa o estilingue ou outras armas que exigem que você mire. Para isso você pode optar por duas maneiras de mirar: o modo clássico, como no Nintendo 64, usando o Circle Pad; ou - o que eu achei ótimo - usar o giroscópio do 3DS, movendo o console como se ele fosse a arma.
No 3DS a poluição visual da tela superior some e vai tudo pra touch screen. Os corações, a barra de magia e os itens ficam tudo ali na ponta da stylus. O mapa simplificado verde-água ainda continua na tela superior. Mas o mapa detalhado, como o da tela de "Pause" do jogo original, fica na tela inferior. Portanto, os botões "C" foram transferidos para a tela de toque, o que possibilita que você use muito mais do que os três itens que os botões "C" possibilitavam. E você ainda pode usar a tela de "Pause" pra trocar os itens da touch screen, como antes. O "X" e o "Y", como ficaram de bobeira sem ter nada pra fazer, adquiriram a função dos botões "C": você pode registrar um item em cada, e pode acioná-los tanto pressionando os botões, quanto usando a touch screen.


Bem, esses são os novos controles. Tem também o novo gráfico. Olha só essas imagens que eu achei no Kotaku, feitas pelo usuário Prime Blue do fórum NeoGAF (só lembrando que se você clicar nas imagens, elas crescem - em outra janela ou aba, por enquanto):











Bacana, né? Tudo está mais colorido, isso é bom. Agora o negócio é esperar pra ver se a trilha sonora mudou alguma coisa. Eu realmente espero alguma coisa mais orquestrada no Ocarina 3D. Seria tão emocionante... *w* Mas eu tenho que me recompor: dia 19 de junho ainda está meio longe...

Enjoy! ☺
Ir ao Topo