29 de out de 2011

Por que o Famicom e o NES têm designs tão diferentes?

Você já deve ter reparado que o Famicom e o NES são visualmente bem diferentes, desde os controles até os cartuchos, coisa que não acontece em quase nenhum outro console (o Super Nintendo também tem versões diferentes, mas não tanto quanto o predecessor). O Nintendo Family Computer foi lançado em 1983 no Japão e tem as cores branco, dourado e vermelho. Dois anos depois, o Nintendo Entertainment System era lançado nos Estados Unidos com as cores cinza e preto.


O Kotaku enfatiza que o vermelho do Famicom não é qualquer vermelho, mas é a cor do feijão-azuqui, ingrediente principal do anko, um doce muito tradicional no Japão (e também na China e na Coreia). Na época da produção do Famicom, o presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, estipulou que o vermelho azuqui era bom para o console. De acordo com a IT Media, o vermelho azuqui era um dos tons mais baratos de plástico na época, por isso foi o escolhido. Assim, a Nintendo pode economizar em boa parte dos controles e em vários botões e outras partes do console japonês. Mas não foi só aí que a Nintendo economizou: os controles do Famicom são fixos no console, e não removíveis, como os do NES. E o segundo controle do Famicom não tem os botões "Start" e "Select" (aposto que você só percebeu isso agora, olhando na imagem ali de cima).

Esses cortes não foram feitos no NES. E as cores do console também não foram selecionadas a partir da mais barata. O Famicom deve ter dado lucro suficiente (ou apenas a previsão de lucro suficiente) para a Nintendo se garantir na América do Norte.
É bom lembrar que ambos os videogames possuem os mesmo jogos (com algumas exceções, como jogos lançados apenas no Japão ou nos Estados Unidos), mas seus cartuchos eram diferentes: os japoneses tinham 60 "pinos" (60 vias), que é o número de contatos do cartucho, enquanto os norteamericanos possuíam 72 "pinos" (existem conversores que adaptam os cartuchos aos consoles da outra região). Além disso, os cartuchos do Famicom são menores que os do NES.
Mas nada disso significa que o NES é melhor que o Famicom. Eu, particularmente, acho que o Famicom tem muito mais charme que o caixote cinza. E tem muito mais a cara do Japão, também. Claro que não poder tirar os controles é bem incômodo, mas nada que atrapalhe significativamente a jogatina, certo?

O Famicom foi descontinuado em 2003, enquanto o NES foi descontinuado em 1995. No Brasil, o NES foi lançado em 1993.

Enjoy! ☺
Ir ao Topo