7 de jan de 2012

Imagens e sinopse do filme de Ace Attorney


Bem, já que há dois posts falei do jogo Professor Layton vs. Ace Attorney, e no post anterior falei da action figure do Professor Layton, vamos equilibrar as coisas falando um pouco do filme do Ace Attorney que está pra ser lançado no Japão no dia 11 de fevereiro.
Como você já deve ter notado em algumas imagens do longa que já foram divulgadas, o enredo deve ser o mesmo do primeiro jogo da série (Phoenix Wright: Ace Attorney). O que foi divulgado é que Miles Edgeworth, promotor rival do protagonista, é acusado de um assassinato. E é Phoenix Wright que vai defendê-lo no tribunal.
A meu ver, é impossível mostrar isso no filme sem mostrar todo o resto da história que se passa no primeiro jogo. E cortar alguma parte apenas por cortar seria meio... chato. Até porque, se for feita a sequência desse filme, é bom que todos os fatos do primeiro jogo tenham sido mostrados no primeiro filme, porque depois vai ser relevante. E provavelmente haverá, sim, uma continuação.
Caso você não saiba o que se passa no primeiro jogo, aí vai um mega-resumo (é praticamente um apanhado de spoilers, e é provavelmente a história do filme):
É aprovada uma lei no Japão que determina que todos os julgamentos de assassinato sejam solucionados em até três dias. A defesa tem esse prazo para provar que o réu é inocente, caso contrário ele sofrerá pena de morte. É bom lembrar que a história se passa em 2016 (não é explícito, mas pelos cálculos dá isso aí), por isso é aceitável aqueles hologramas que podem ser vistos nos trailers.
Tudo começa com Phoenix em seu primeiro julgamento, em que tem que defender seu amigo de infância, Larry Butz, de uma acusação de assassinato. Nesse primeiro julgamento, ele está sob a supervisão de sua mentora, Mia Fey. E é claro que Phoenix consegue livrar seu amigo da acusação. Mas no segundo caso, a vítima do assassinato é a própria Mia. E a principal suspeita é sua irmã, Maya Fey. E o promotor que vai tentar acusá-la a todo custo é Miles Edgeworth, que também é amigo de infância de Phoenix. Mas Miles tem o objetivo de não perder nenhum caso (custe o que custar, mesmo que para isso ele tenha que forjar evidências), o que aprendeu com seu tutor, Manfred von Karma. Até o momento ele tinha conseguido manter esse objetivo, e era muito aclamado por isso. Mas Phoenix muda seu curso e prova que Maya é inocente. Depois desse caso, a garota (que é médium) se torna assistente do advogado.
No terceiro caso, Will Powers é acusado do assassinato de seu colega de trabalho, Jack Hammer. Wright prova mais uma vez que o acusado é inocente, frustrando Edgeworth novamente. O legal desse caso é que Will Powers é o ator que interpreta o tão famoso Steel Samurai, que acabou se tornando um ícone na série, com diversas aparições nos jogos seguintes.
O último caso do jogo original (que é de Game Boy Advance, porque o de DS tem um caso a mais) é o que Miles é acusado. O promotor da vez é o próprio mentor dele, von Karma. Mas Phoenix prova que von Karma é que é o assassino nesse caso. E consegue desvendar o mistério do incidente DL-6, que é o caso do assassinato do pai de Miles em 2001. Miles pensou por todo esse tempo que ele mesmo era o assassino. Mas Phoenix prova que naquele dia o assassino também foi von Karma. Fim de jogo para Manfred von Karma; Miles decide tirar um tempo para pensar na vida; e Maya volta à sua vila natal, Kurain Village, para continuar seu treinamento de médium.
Bem, essa é a história do primeiro jogo (tirando o caso das irmãs Skye, Rise from the Ashes, que é exclusivo do DS). Depois desses spoilers, eu espero que você esteja com vontade de jogar Ace Attorney. E se você não tem um Game Boy nem um Nintendo DS, saiba que Phoenix Wright: Ace Attorney também foi lançado para Windows, para celulares, para WiiWare e para iOS. Mas só o DS tem o último caso exclusivo, porque esse caso tem ligação com o quarto jogo da série, Apollo Justice: Ace Attorney.
Mas enfim. Acredite, quem já jogou está achando as imagens do filme ótimas. Confira algumas a seguir:

Maya Fey (Mirei Kiritani) e Phoenix Wright (Hiroki Narimiya).

Maya de novo.

Miles Edgeworth (Takumi Saito).

Edgeworth novamente.

Mia Fey (Rei Dan).

Manfred von Karma (Ryo Ishibashi).

Larry Butz (Akihiro Nakao).

Dick Gumshoe (Shunsuke Daito).

O juiz, que não tem nome (Akira Emoto).

Lotta Hart (Mitsuki Tanimura).

Misty Fey (Kimiko Yo).

Polly (sim, a calopsita tem nome, mas o juiz não XD).

E se você ainda não viu o trailer:

Enjoy! ☺

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ir ao Topo